Antiga Escola Primária de Vila Verde vai ser requalificada

Município de Vila Verde avança com a requalificação do edifício da antiga Escola Primária de Vila Verde, potenciando a sua conversão num centro de investigação, promoção da gastronomia e ciências gastronómicas.

Situado no centro da sede concelhia, este imóvel foi objeto de uma candidatura ao Norte 2020, com um investimento total de 1.358.494,04 euros.

O projeto agora aprovado foi inserido na tipologia de candidaturas que contempla a “reabilitação integral de edifícios, nomeadamente destinados a habitação, a equipamentos de utilização coletiva, a comércio ou a serviços, públicos ou privados.

Esta obra “de elevado interesse estratégico para o concelho de Vila Verde” vai permitir a integral requalificação do antigo edifício escolar e efetivar a potencialidade de o converter num centro de investigação, promoção da gastronomia e ciências gastronómicas.

A intervenção vai preservar a estrutura original, sendo que na área exterior será integrada como espaço de usufruto público, com a demolição de muros de vedação e a definição de uma praça aberta ao público.

Desta forma, o empreendimento será mais um “Passo em frente no sentido da promoção da qualidade ambiental, urbanística e paisagística do centro urbano da freguesia de Vila Verde e Barbudo e irá igualmente reforçar a centralidade da sede concelhia e o seu papel polarizador e dinamizador de todo o concelho”.

Este relevante projeto concorre também significativamente para a rentabilização do investimento público que, nos últimos anos, se fez notar no centro urbano, ao nível das infraestruturas, dos equipamentos e dos espaços públicos”.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, releva que “O Município de Vila Verde assume que a regeneração urbana é uma das grandes prioridades do processo de modernização e de reforço da atratividade do concelho de Vila Verde.”

Na perspetiva do edil, “A requalificação e rentabilização de antigos imóveis que tiveram uma importante função educativa é uma das vertentes deste esforço continuado que está a ser feito para dotar as freguesias do concelho de Vila Verde de equipamentos modernos e espaços públicos que acrescentem valor em termos de dinamização do tecido socioeconómico e do associativismo e, assim, ajudem a criar âncoras de desenvolvimento local”.

António Vilela considera que “A possibilidade de tornar este edifício num centro de investigação, promoção da gastronomia e ciências gastronómicas será uma enorme mais-valia do concelho de Vila Verde e, por conseguinte, este projeto de conversão da antiga Escola Primária de Vila Verde representa mais uma forte aposta nas potencialidades endógenas do território concelhio e um importante impulso para o desenvolvimento do turismo do concelho e da região.”

Partilhar esta notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *