Deco e Google na EPATV

“Na Net nada fica a lápis”

A Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) acolheu, a 19 de fevereiro, o Roadshow NET Viva e Segura que percorre Portugal e vai visitar 20 escolas DecoJovem, através de um workshop dinâmico e interativo com atividades de Gaming.

Sofia Neves, do Plano B – Programa de Prevenção do Bullying, da Associação Plano i, revelou que o CyberBullying atinge atualmente números inquietantes. Este Observatório registou 261 denúncias nos primeiros 18 dias deste mês de fevereiro e 88 pedidos de contacto.

Esta forma de perseguição através das redes sociais “tem efeitos devastadores na nossa saúde física, mental e social” e quando “sabemos destas situações e nada fazemos estamos a ser cúmplices” e devemos contactar ou pedir ajuda através de https://www.associacaoplanoi.org/observatorio-nacional-do-bullying/”

A segurança, privacidade e respeito na internet e nas redes sociais foram os temas apresentados de forma lúdica por Marta Costa, da DecoJovem, que despertou o auditório da EPATV quando foi efetuada uma “sondagem”, em tempo real, com a participação dos alunos e professores através de telemóvel.

Esta pesquisa mostrou que o Facebook está em queda junto dos jovens, cedendo o primado ao Instagram. Os jovens são conservadores e preferem “falar” com “quem conheço” e amigos, mas desprotegem-se porque só têm antivírus no computador. Muitos usam a mesma password para as diversas aplicações/redes e muitos ignoram o que é um site seguro ou não reparam nesse pormenor (“https”).

O professor José Dantas assegurou que “internet e privacidade não coexistem” e “nas redes sociais nada fica a lápis que se possa apagar depois” e o professor António Cunha alertou que “quando andamos nas redes e não percebemos qual é o negócio, o negócio somos nós”.

Sofia Neves, Investigadora da violência na Internet e do Observatório Nacional de Bullying, garantiu aos alunos que ceder a password ao namorado(a) não é normal e poderá ser ponto de partida para violência moral, psicológica e sexual. O argumento “se confias e gostas de mim dá-me a tua palavra passe, não vale”.

“A segurança na Internet anda de braço dado com a privacidade” – destacou Sofia Neves, salientando que “não basta usar, é preciso saber usar. A literacia digital é fundamental. As redes sociais não fazem maior ligação entre as pessoas. É uma ligação ilusória, virtual”.

Muitos utilizadores, quando “não há likes ou comentários sentem uma diminuição na sua autoestima. Têm necessidade de estar mais tempo online, à espera de um like, gerando uma dependência que já se pode considerar uma perturbação mental, muito frequente nos jovens”.

Cláudio Matos, jurista da Deco, alertou para os cuidados a ter nas compras online e para a utilização de meios de pagamento, que muitas vezes se ignoram como funcionam.

Marta Costa assegura que “só devemos partilhar nas redes sociais coisas úteis para os outros e que os nossos pais possam ver” e concluiu, na sua apresentação, com apelos ao respeito na NET, sem alimentar comentários negativos, praticando a empatia, a cortesia e a educação.

A sessão terminou com uma intervenção de João Luís Nogueira que apelou a um “uso consciente das redes sociais, com responsabilidade e solidariedade” de modo a que cada um possa “andar com os seus sapatos e pensar com a sua cabeça, sem violência, sem racismo e sem xenofobia”.

O Diretor Geral da EPATV agradeceu o trabalho que a Deco dinamiza em favor dos “valores e princípios que nem sempre as redes sociais dignificam” e o empenho dos professores José Dantas, António Cunha e Paula Costa na organização desta iniciativa.

Paralelamente a esta ação decorreu, noutro espaço, uma ação de Gaming – competição interturmas – onde os restantes alunos tiveram oportunidade de testar os seus conhecimentos sobre segurança digital. A dinamização desta atividade foi realizada com a prestável colaboração dos alunos dos cursos CEF de Assistente Administrativo, Técnico de Eletrónica – Automação e Computadores, Técnico de Esteticista.

O Roadshow prossegue por outras regiões do país até 11 de abril, terminando na Madeira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *