Combate do vimaranense Pedro Carvalho por um título mundial de MMA adiado

O combate entre o português, natural de Guimarães mas a viver na Irlanda, Pedro Carvalho e o brasileiro Patrício Freire, que iria decidir o título mundial de artes marciais mistas (MMA), na categoria de peso pena do circuito Bellator, foi hoje adiado.

A luta marcada para a arena Mohegan Sun, em Uncasville, cidade do estado de Connecticut, na costa leste dos Estados Unidos, às 22:00 locais (02:00 de sábado, em Lisboa), foi cancelada, devido à propagação da Covid-19.

“A saúde e a segurança de todos os envolvidos é, e vai continuar a ser, a nossa prioridade máxima. Depois de uma monitorização cuidada do surto de Covid-19 em curso, o Bellator MMA decidiu adiar o evento Bellator 241, de hoje à noite”, escreveu hoje o presidente do circuito de artes marciais, Scott Coker, na rede social Twitter.

O lutador português, de 24 anos, acabou por reagir ao adiamento do combate na rede social Facebook, tendo dito que, apesar de “completamente arrasado”, vai manter o “foco” na conquista do título e aconselhado as pessoas a manterem-se “fortes” perante os efeitos do surto do coronavírus SARS-CoV-2.

“É com enorme tristeza que anuncio que o ‘show’ de hoje foi adiado por causa dos eventos atuais. Estou completamente arrasado, mas, ao mesmo tempo, mantendo o foco, porque mais cedo ou mais tarde receberei o que é meu [título mundial]. Realmente não sei mais o que dizer agora. Muito amor para todos vós e permaneçam fortes”, lê-se na página de Facebook do atleta.

Apesar do embate ser relativo aos quartos de final do Grande Prémio Mundial Bellator para a categoria peso pena (menos de 65,8 quilos), o lutador natural de Guimarães, mas radicado em Dublin (Irlanda) desde 2017, podia conquistar o título já hoje, uma vez que o circuito atribui a distinção a quem derrota o atual campeão – Patrício Freire, de 32 anos, mantém esse estatuto desde abril de 2017.

Pedro Carvalho venceu 11 dos 14 combates disputados desde setembro de 2012, altura em que iniciou a carreira, com um triunfo sobre o brasileiro Edi Vicente, em Viseu.

Partilhar esta notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *