Festas e romarias proibidas em Ponte de Lima até 30 de junho

Atendendo à situação de emergência nacional motivada pelo surto pandémico da doença COVID-19, o Município de Ponte de Lima aprovou, em reunião de câmara, a proibição da realização das festas, romarias e eventos equiparáveis que envolvam o aglomerado de pessoas, bem como, a proibição da emissão de licenças de ruído, alargamento de horário, arraial, recinto e licenças para lançamento de fogo-de-artifício.

A medida a implementar até ao dia 30 de junho surge na sequência da decisão do Conselho Executivo da Comunidade Intermunicipal do Alto Minho – CIM, pelo que esta proibição é extensível aos dez Municípios do Alto Minho.

Partilhar esta notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *