Militar da Marinha propõe-se correr sete maratonas em sete dias

É um desafio que o cabo Fuzileiro Bruno Xisto Maia colocou a si próprio, correr sete maratonas em sete dias durante este período de confinamento. Os objetivos são sobretudo superar-se e motivar outros atletas neste período.

O militar da Marinha está habituado a participar em provas de grande distância e agora com o cancelamento das mesmas decidiu experimentar correr na passadeira, em casa, e é assim que as maratonas serão feitas.

O cabo Maia, que também é monitor de educação física e presta serviço no Centro de Educação Física da Armada, colocou ainda mais um desafio, cada prova não pode ultrapassar as 4 horas. A primeira, ontem, foi concluída em 3 horas e 51 minutos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *