Apreendidas armas de fogo em caso de violência doméstica na Póvoa de Lanhoso

A GNR da Póvoa de Lanhos apreendeu duas armas de fogo no âmbito do crime de violência doméstica.

Alertados para uma situação de violência doméstica, em que o suspeito, de 58 anos, estaria a ameaçar a mulher e a filha, de 47 e 32 anos, os militares foram à residência onde vivia a família em causa. Segundo foi apurado, “o comportamento violento do suspeito terá tido origem no consumo excessivo de álcool, iniciado após lhe ter sido diagnosticada uma doença do foro oncológico, sendo que não passava de ameaças verbais”, refere comunicado da força militar.

No âmbito da operação foram apreendidas uma carabina calibre 36, sem qualquer documento que legalize a sua posse; uma pistola transformada de calibre 8 mm para 6,35 mm, classificada como arma proibida; uma arma pressão de ar, calibre 4,5 mm; uma munição calibre 6,35 mm; uma faca de cozinha e u ma navalha de abertura manual.

O suspeito foi constituído arguido, tendo os factos sido remetidos ao Tribunal Judicial de Braga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *