Município de Vila Verde e Juntas de Freguesia entregam máscaras a toda a população

O Município de Vila Verde e as Juntas de Freguesia já iniciaram uma ação de distribuição de máscaras de proteção contra a pandemia da COVID-19 a toda a população concelhia.

Esta iniciativa, que vai fazer chegar cerca de 50 mil máscaras a todos os vilaverdenses, tem como principal missão “sensibilizar as pessoas para a absoluta necessidade de se protegerem relativamente à ameaça de propagação do novo Coronavírus, respeitando as orientações emanadas da Direção-Geral de Saúde no que se refere às medidas de prevenção a adotar e cumprindo a Lei em vigor sobre esta matéria”, diz a autarquia em comunicado.

A tendência, registada nos últimos dias, para a estabilização da situação é um “dado muito relevante e bastante animador, mas ninguém pode baixar a guarda e temos que estar sempre atentos e sobretudo continuar a observar, à risca, as regras de distanciamento, de etiqueta social e de proteção que são indispensáveis para preservar a saúde e o bem-estar de todos”.

Esta semana iniciou-se uma nova etapa no processo de desconfinamento em curso, com o regresso à escola de uma parte dos alunos do ensino secundário e com a reabertura de creches e de espaços de restauração, por exemplo, “o que reclama um redobrar de cuidados e torna pertinente que se insista na realização de ações pedagógicas e de sensibilização para a extrema relevância de todos nos adaptarmos assertivamente e com elevado sentido de responsabilidade a esta nova normalidade”.

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, refere que “o Município continua na senda de um trabalho persistente de divulgação de comportamentos adequados às circunstâncias atuais, mas também está a dar o seu contributo para que as pessoas tenham condições para pôr em prática as medidas que se impõem.”

O autarca lembra que “a ação dos centros de rastreio de Vila Verde e da Vila de Prado, a higienização de espaços públicos, o fornecimento de materiais de proteção e de desinfeção às instituições concelhias e aos centros de saúde, a realização de testes a todos os funcionários e utentes dos lares, as campanhas de sensibilização complementadas com a distribuição de equipamentos de proteção, como a presente entrega de máscaras a todos os Vilaverdenses, representam uma mais-valia na luta cerrada que, no concelho, está a ser travada contra o novo Coronavírus.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *