DestaqueTERRAS DE BOURO

Embarcação de Rio Caldo, no Gerês, apta para navegar

Quatro mergulhadores da Empresa Ronáutica de Vigo realizaram uma inspeção subaquática à plataforma de ancoramento de embarcações de recreio do Centro Náutico de Rio Caldo.

Esta ação teve como finalidade verificar o estado dos tensores que “fixam” e estabilizam as plataformas no espelho de água.

Tratou-se de uma intervenção de crucial importância, porque daí decorre a segurança dos ancoradouros e, por conseguinte, das embarcações de recreio que ali estão amarradas.

Durante todo o dia, os quatro mergulhadores procederam à observação subaquática das estruturas. Todo esse trabalho foi acompanhado e monitorizado a partir de um posto de controlo instalado junto ao Bar da Marina, tendo sido registadas as anomalias.

Brevemente e num relatório pormenorizado, a empresa dará conta à câmara municipal das intervenções necessárias.

No mesmo âmbito, a Embarcação Turística “Rio Caldo” foi submetida a uma inspeção, tendo sido considerada ‘apta’ para o fim a que se destina.

Estas vistorias são efetuadas todos os anos para revalidar o Certificado de Navegabilidade, sendo que, de dois em dois anos obriga à retirada da embarcação da água para verificar o estado do casco.

Segundo o inspetor que veio da Capitania de Vila do Conde, a embarcação está ‘apta’ para navegar. Trata-se de uma embarcação que se destina à atividade marítimo-turística, integrada no Centro Náutico de Rio Caldo e pertença do Município de Terras de Bouro.

As viagens da embarcação turística percorrem a barragem da Caniçada seguindo uma rota de interesse cénico-paisagístico e de memória histórica, onde entronca o ancestral comunitarismo das gentes que povoaram e agricultaram a veiga afundada pelas águas da barragem da Caniçada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *