FC Amares instala tratamento pioneiro para manutenção do relvado

A direção do FC Amares com o apoio da Câmara Municipal adquiriu dois robôs da Husqvarna para tratamento da relva do estádio. É o primeiro clube português a fazê-lo usando um sistema igual ao do Guingamp e Paris St Germain e de clubes de topo em Inglaterra.

A instalação dos robôs decorreu, durante o dia de hoje, com a colocação de um fio à volta do campo que será o ‘condutor’ das duas máquinas. Os robôs funcionam com o recurso a um telemóvel, trabalham 20 horas por dia e poupam no consumo de água, elétrico e fertilizantes.

Aliás, o sistema permite que, enquanto corta a relva, o robô vai fazendo o trabalho de fertilização com parte da relva cortada. “Em média, os dois robôs consomem 7,5 euros por mês de eletricidade”, referiu o técnico da DavideMag Ltd, empresa de Felgueiras responsável pela instalação das duas máquinas e representante exclusiva da marca no norte de Portugal.

O presidente da câmara quis marcar presença na primeira experiência de corte de relva e ficou muito surpreendido: “estou muito surpreendido com os robôs pela rentabilidade, pela economia. O FC Amares passa a ter um sistema de tratamento de relva que poucos clubes têm”.

Já para o presidente do FC Amares, Olivier Silva, “este é um investimento que vale a pena. Durante a quarentena estive a falar com responsáveis do Guingamp e do PSG que têm o primeiro e segundo melhores relvados do campeonato francês para perceber como o conseguiam”.

Chegado a Portugal, pôs mãos à obra e descobriu a empresa de Felgueiras. Olivier Silva não tem dúvidas que “as poupanças serão evidentes ao nível da eletricidade e dos fertilizantes, poupando, ainda, em mão de obra”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *