Kevin e Carol, dois emus, foram banidos de um hotel na Austrália por “mau comportamento”

Dois irmãos emus chamados Kevin e Carol foram banidos do pequeno Yaraka Hotel, no centro-oeste de Queensland, na Austrália, por mau comportamento.

Localizado numa pequena cidade isolada com o mesmo nome, o pequeno Yaraka Hotel possui apenas quatro quartos, além de acampamentos e um pub. Em declarações à CNN, o co-proprietário Chris Gimblett disse que os emus eram visitantes bem-vindos e apareciam de vez em quando para alguns biscoitos.

“Os viajantes precisam de ser muito cautelosos com os emus, porque enfiam a cabeça na porta de uma caravana e bebem todo o café sem derramar a caneca e roubam torradas. Se tiver um churrasco, tenha cuidado, pois levarão tudo”.

“Quando terminam o pequeno-almoço no parque de caravanas, vão até o hotel e, na semana passada, descobriram como subir as escadas do hotel“, contou o co-proprietário, referindo-se a dois emus irmãos chamados Kevin e Carol.

Como resultado, foi necessário colocar uma corda no topo da escada, juntamente com uma placa que dizia: “Emus foram banidos deste estabelecimento por mau comportamento. Por favor, passe pela barreira para emus e volte a fechá-la”.

Questionado sobre o porquê da proibição, Gimblett disse que ninguém “quer ficar entre um emu e comida”. “Têm bicos muito afiados e são um pouco como um aspirador de pó no que diz respeito a comida, por isso estávamos preocupados com a possibilidade de entrarem na sala de jantar e causarem estragos”, explicou.

Não é a primeira vez que os irmãos causam travessuras. No ano passado, antes de aprenderem a subir os degraus da frente, alguém deixou um portão aberto, dando-lhes acesso ao hotel pela parte de trás. “Um entrou e foi atrás do bar e o outro veio e ficou na frente”, disse Gimblett.

Quanto às origens do emu no hotel, tudo começou há cerca de dois anos, quando oito ovos – aparentemente abandonados – foram encontrados na cidade e dados a uma amante da vida selvagem. “Ela embrulhou-os em cobertores e, algum tempo depois, ouviu gritos vindos de dentro dos ovos. Bateu-lhes com uma colher e chocaram”, contou Gimblett. “Alguns dos emus foram embora e ficámos com dois residentes permanentes aqui na cidade”.

Com até 1,9 metros de altura, o emu é o pássaro nativo mais alto da Austrália e uma das maiores espécies de pássaros do mundo, de acordo com o grupo de conservação Birdlife Australia. Os emus estão relacionados com as avestruzes e outro pássaro australiano nativo, o casuar.

“Não são muito amigáveis​, não gostam de receber palmadinhas, mas ficam bem com o pescoço sendo acariciado durante um tempo”, disse Gimblett.

ZAP //

Partilhar esta notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *