Afluência às urnas, até às 16h00, foi de 42,34%, a menor taxa de sempre

Até às 16 horas, a taxa de afluência às urnas foi de 42,34%, a taxa mais baixa registada em eleições autárquicas.

Em declarações à RTP, o porta-voz da Comissão Nacional de Eleições (CNE) assinalou que, há quatro anos, a esta hora, a taxa de afluência era de 44,4%.

O responsável frisou também que, a diferença agora é que “ainda temos mais uma hora pela frente” de sufrágio, visto que as urnas só encerram às 20 horas.

O porta-voz considerou, no entanto, ser “cedo” para se tirarem conclusões da taxa de participação destas eleições, frisando que os números apenas mostram “que até a esta hora foram votar 42,34%”.

De recordar que 2013 foi o ano em que as eleições autárquicas registaram a maior taxa de abstenção: 47,4%.

Quanto ao ato eleitoral, o responsável disse haver “muitas queixas” mas “nada assinalável”. “Não houve nenhum boicote, houve apenas uma tentativa de boicote, mas que foi rapidamente resolvido”, indicou. “Está tudo a correr dentro da normalidade”, destacou.

A votação nas urnas decorre este ano entre as 08h00 e as 20h00 locais (quando as mesas de voto fecharem nos Açores, serão 21h00 no restante território português).

Segundo dados da Secretaria-Geral do MAI, mais de 9,3 milhões de eleitores podem participar hoje na eleição do presidente da câmara, presidente da Assembleia da Assembleia Municipal e do executivo da Junta de Freguesia.

A estas eleições autárquicas apresentaram-se mais de duas dezenas de partidos e mais de 60 grupos de cidadãos.

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) estima que tenham sido apresentadas, no total, cerca de 12.370 listas candidatas, das quais cerca de 1.035 são de grupos de cidadãos eleitores.

Serão eleitos os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal dos 308 municípios do país e os 3.091 presidentes e executivos das Juntas de Freguesia (na ilha do Corvo, nos Açores, o concelho com menos eleitores, o executivo municipal desempenha também as competências atribuídas à freguesia).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *