Minho

Obra de recuperação da Fortaleza de Valença em concurso

Com um preço base de 1 milhão e 600 mil euros esta obra terá um prazo de execução de 270 dias. Com esta empreitada a Câmara Municipal de Valença pretende recuperar o pano de muralha, da emblemática Fortaleza de Valença, que colapsou com as fortes chuvas de 1 de janeiro do corrente ano.

Para o Presidente da Câmara, José Manuel Carpinteira, “após longos meses de trabalho, é possível lançarmos, finalmente, esta obra a concurso. Esperamos, depois, começar os trabalhos com a maior brevidade possível de forma a termos de volta o nosso ex-libris com todo o seu esplendor”.

Ao longo dos últimos meses, as equipas técnicas especializadas estudaram, avaliaram e projetaram a melhor solução para recuperar a muralha e permitir que o processo avance.

Esta obra tem a aprovação da DRCN- Direção Regional da Cultura do Norte e mereceu parecer favorável da DGPC- Direção Geral do Património Cultural.

A intervenção proposta respeita o método construtivo e as características de construção originais, de finais do século XVII e inícios do século XVIII, de modo a assegurar que este pano de muralha mantenha a sua autenticidade.

A Fortaleza de Valença é monumento nacional desde 14 de março de 1928 e integra a Lista Indicativa de Portugal a Património Mundial da UNESCO, com a candidatura das “Fortalezas Abaluartadas da Raia”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *