DestaqueVILA VERDE

Câmara de Vila Verde atribui bolsas de estudo a 235 alunos do ensino superior

A Câmara Municipal de Vila Verde vai atribuir bolsas de estudo a 235 alunos do ensino superior residentes no concelho. A medida de apoio e incentivo à formação universitária dos jovens visa de forma particular apoiar famílias em condições socioeconómicas mais desfavoráveis.

Representando um investimento global estimado em mais de 71 mil euros, as bolsas atribuídas variam consoante os níveis de rendimentos do agregado familiar, podendo atingir um máximo de 100 euros mensais por aluno.

A presidente do executivo camarário, Júlia Rodrigues Fernandes, destacou a componente social na sustentação de “um instrumento que integra um vasto conjunto de iniciativas do Município, com o objetivo de potenciar o desenvolvimento humano e a igualdade de oportunidades entre os cidadãos”.

“Minimizar o impacto das diferenças sociais no acesso à educação constitui um ponto fulcral na definição das prioridades das políticas públicas conduzidas pelo Município de Vila Verde”, conforme sublinhou Júlia Rodrigues Fernandes, valorizando a importância da medida para a valorização do território.

Na fundamentação da iniciativa aprovada por unanimidade, o executivo camarário reitera que se trata de “uma medida de incentivo à frequência do ensino superior, de molde a capacitar os jovens para os desafios profissionais cada vez mais exigentes e a dotar o concelho, a região e o país, de quadros técnicos essenciais ao desenvolvimento socioeconómico”.

De acordo com o regulamento municipal, as bolsas abrangem alunos que frequentam os cursos técnicos superiores profissionais (CTSP) e mestrados. No âmbito das medidas de incentivo ao voluntário, os candidatos pertencentes ao corpo ativo da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Vila Verde têm acesso ao valor máximo da bolsa, que é de 100 euros mensais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *