Paulo Cunha avança para a distrital do PSD “ao serviço das populações”

“Criar todas as condições em cada um dos 14 concelhos e nas freguesias do distrito de Braga para que o PSD apresente as melhores propostas e os melhores protagonistas para servir as populações”. É o objetivo de trabalho traçado por Paulo Cunha, como candidato à presidência da Distrital do PSD de Braga.

O autarca famalicense apresentou ontem publicamente a candidatura, tendo o atual líder distrital e eurodeputado, José Manuel Fernandes, como mandatário. As eleições realizam-se no próximo sábado, das 14h00 às 21h00, em cada uma das sedes concelhias do PSD, respeitando as orientações de prevenção contra a pandemia Covid-19.

Carlos Cação, presidente da Junta do Vade, é candidato a vice-presidente da Comissão Permanente na equipa liderada por Paulo Cunha, que deverá ser lista única a sufrágio.

O presidente da Câmara de Braga, Ricardo Rio, é candidato a presidente da Mesa da Assembleia Distrital, onde é acompanhado por Manuel Tibo, presidente do município de Terras de Bouro.

«O que nos move é colocar o PSD ao serviço da comunidade. Os partidos não são fins em si mesmos, são ferramentas ao serviço de propósitos. O PSD quer servir as pessoas, as empresas, as instituições e as dinâmicas sociais. A nossa missão é colocar o partido ao serviço do território. E isso tem sido reconhecido pelas populações, com vitórias. Por isso, o PSD é o maior partido no distrito», vincou Paulo Cunha.

Para o próximo mandato, a ambição de Paulo Cunha é “continuar a reforçar o partido no serviço às pessoas e às freguesias e concelhos do distrito”.

Nas presidenciais, espera que Marcelo Rebelo de Sousa anuncie a sua recandidatura e que o distrito ajude à sua reeleição.

No centro das atenções estarão as eleições autárquicas de 2021, onde “o objetivo é vencer: temos hoje a presidência de 09 das 14 câmaras. Em 2013 passamos de 05 para 07 e em 2017 subimos para 09. A fasquia é ganhar as 14, porque a nossa missão que o partido esteja ao serviço de todos” – aponta Paulo Cunha.

‘Dream team’
Como mandatário da candidatura, José Manuel Fernandes assumiu “prazer, privilégio e honra” por ‘apadrinhar’ uma candidatura que classificou como “dream team”, referindo-se “a uma equipa de luxo, com Paulo Cunha e Ricardo Rio”.

“Nem sempre temos consciência que estamos aqui perante uma dupla que é a mais votada, do PSD, em termos absolutos autárquicos, no país. Isso não acontece por acaso. É fruto da qualidade, competência, inteligência, proximidade e dedicação do Paulo Cunha e do Ricardo Rio, que são um bom exemplo do trabalho extraordinário que está a ser realizado pelos autarcas do PSD no distrito e que é reconhecido pelas populações», sublinhou José Manuel Fernandes.

O eurodeputado viu o trabalho desenvolvido nos últimos anos reconhecido e fortemente elogiado por Paulo Cunha e Ricardo Rio, aludindo aos resultados eleitorais e força do PSD no distrito, assim como no exercício dos mandatos como deputado ao Parlamento Europeu.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *