Esteticistas da EPATV são “encantadoras e exemplares”

“Sois umas jovens encantadoras e umas alunas exemplares”, garantiu a Diretora Pedagógica da Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) após as Provas de Aptidão Profissional (PAP) de 18 finalistas do Curso Profissional de Esteticistas.

A apresentação da PAP constitui uma “etapa importante da vossa vida: concluístes o ensino secundário com o bónus de um curso profissional” que contribui para a qualidade de vida e o bem-estar das pessoas”, acrescentou Sandra Monteiro, apelando as jovens que “façam as melhores opções da vossa vida. Procurem-nos. Estaremos aqui para vos apoiar”.

Por sua vez, a Diretora do Curso acredita que “ides ser grandes mulheres e enormes esteticistas”.

“Espero que fiquem unidas para a vida pois vão precisar umas das outras para enfrentar as dificuldades do mundo do trabalho”, concluiu Maria José Falcão, que distribuiu uma rosa vermelha a cada uma das finalistas e aos restantes professores deste curso.

A apresentação das PAP’s abriu com uma criativa prova de Ágata Rego sobre a maquilhagem de caracterização, uma “vertente pouco explorada”. Após a sua prova, Sandra Monteiro dirigiu-se à Ágata Rego: “acredita que deixa saudades. É uma aluna acarinhada sempre que aqui voltar”.

Aliás, estas foram palavras repetidas para as restantes finalistas, como foi o caso de Carina Cerqueira, Jéssica Costa, Jéssica Barros e Márcia Araújo que deliciaram os jurados com uma prova sobre unhas (Nail art), já embelezadas na Índia, depois no Egipto, apresentando um conjunto de técnicas para embelezar as unhas.

Estas quatro jovens dissecaram as doenças, a fisiologia e anatomia das unhas e asseguraram que “o estágio ajudou muito, ao ponto da maioria dos ateliês quererem dar-nos emprego”.

Carina Lopes, Fabiana Silva e Viviana Macedo apresentaram um trabalho sobre a maquilhagem com acento tónico nos noivos, uma arte que os nobres gregos confiam aos seus amos e no Egipto era sinal de poder e foi reprovada pela Igreja Católica ao longo de séculos. A sua prova explicou como se usa um batom stick, como se faz a maquilhagem dos olhos, dos lábios, a aplicação de blush, de corretores, de pó, em pele negra, portadores de óculos e maquilhagem para a noite, concluindo que “nas morenas qualquer tom fica bem”.

Ficou também a saber-se, pela voz de Maria José Falcão, que “os homens, hoje, são os melhores clientes do mundo” nesta área.

Elsa Filipa Gomes, Joana Filipa Silva e Juliana Carvalho mostraram o que sabem e aprenderam na preparação da pele, maquilhagem de dia e transformação para maquilhagem de noite, sem esquecer a desmaquilhagem, tonificação, hidratação, nos vários tipos de pele (normal, oleosa, seca e mista) coroados com um desfile.

A massagem foi o tema desenvolvido por Inês Silva, Vera Correia, Joana Macedo e Juliana Miranda nas suas vertentes de combate à celulite (que afeta 90% das mulheres), sem esquecer vantagens e inconvenientes, e de relaxamento (para diminuir o stress, ansiedade e eliminar toxinas ou reforçar a circulação sanguínea). Devem ser sempre feitas com óleos e cremes, afastando os hidratantes que são derivados de petróleo.

Por fim, mas não em último lugar, Ana Isabel Juliana Azevedo e Daniela Teixeira abordaram a alimentação na estética, com base na roda dos alimentos para uma nutrição completa, variada e equilibrada e através de planos alimentares (infância, adolescência e idade adulta).

O contributo para a autoestima (como forma de combate a doenças depressivas ou anoréticas) e os padrões de beleza foram outros temas desenvolvidos por este trio que realizou vídeos e inquéritos na escola sobra alimentação e padrões de beleza.

Partilhar esta notícia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *