Vilaverdense Isabel Machado lidera equipa que desenvolveu um teste através da saliva para detetar a Covid-19

Isabel Machado é a diretora de projetos da empresa ‘Somaprobes’ sediada no País Basco e criou um teste que promete ‘revolucionar’ a forma como se deteta a Covid-19. O teste deverá estar no mercado até ao final do ano.

A equipa liderada pela vilaverdense está a desenvolver um método através da saliva que promete resultados ao fim de 40 minutos. Segundo explica Isabel Machado “os negativos não precisam de fazer o teste convencional”, o chamado PCR, diminuindo assim a quantidade de testes efetuados e o desconforto que podem causar.

Outra das vantagens é que este método, também, permite detetar os chamados assintomáticos, “dois dias antes até cinco dias depois” de se manifestarem os sintomas. A vantagem é que “se poderia confinar imediatamente a pessoa evitando mais contágios”.

Isabel Machado tirou engenharia biológica na UMinho e está a trabalhar há vários anos em Espanha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *