88 militares portugueses infetados na República Centro-Africana

88 militares portugueses integrados na missão das Nações Unidas na República Centro-Africana apresentaram resultado positivo para o coronavírus SARS CoV-2.

Os militares infetados estão bem e apresentam bom prognóstico, permanecendo dentro da sua base em Bangui (Campo M’Poko) em isolamento, sob acompanhamento da equipa médica da Força e em estreita articulação com as estruturas da saúde militar no território nacional.

Os restantes 92 militares da Força Portuguesa foram igualmente testados e apresentaram resultado negativo para o coronavírus SARS CoV-2. Encontram-se em quarentena, no Campo M’Poko, tendo sido tomadas as medidas consideradas adequadas para a contenção deste surto.

A Força Portuguesa encontrava-se já num período de regeneração de capacidades em Bangui, após ter realizado uma operação de cerca de um mês na região de Bocaranga, onde teve intensa atividade operacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *