Penalties põem LankFC/Vilaverdense na próxima ronda da Taça de Portugal

O Lank FC/Vilaverdense segue em frente na Taça de Portugal depois de vencer, na Cruz do Reguengo, o U. Santárem após marcação de grandes penalidades.

Num jogo em que o Vila entrou bem e conseguiu logo aos dois minutos chegar ao golo através da transformação de uma grande penalidade por falta cometida sobre Rafa Miranda. É o mesmo jogador que se encarrega de transformar o castigo máximo.

O U. Santarém reagiu bem e respondeu de forma positiva à entrada dos minhotos que ainda demonstrarem alguma desorganização no sector ofensivo e com alguma lentidão nas transições.

Seria, no entanto, o Vilaverdense a ter as melhores ocasiões de golo com Rui Gomes, Rafa Miranda e Johan N’zi a conseguirem chegar com perigo a baliza de Titinho.

Oportunidades que poderiam ter alargado a margem do marcador e ter dado outra tranquilidade para o segundo tempo.

Na segunda parte foram os ribatejanos que entraram melhor, com mais posse de bola, mais organizados e a chegarem com mais perigo ao último reduto do Vilaverdense, ainda, que pecando no abuso do jogo aéreo onde o Vila foi mais forte.

O sector defensivo com Diogo Bianchi, Rui Farinha e o experiente Carlos Fernandes que iam pondo cobro às situações.

No entanto aos 87 minutos, o U. Santarém chega ao golo do empate por João Monteiro que aproveitou bem uma bola metida na área e de calcanhar marca um belo golo.

Os 30 minutos extra não trouxeram qualquer alteração ao resultado obrigando o jogo a ir para a decisão na marcação de grandes penalidades.

No primeiro turno de cinco grandes penalidades manteve-se o empate (4-4).

No chamado ‘mata-mata’, os comandados de Hélder Batista levaram a melhor com Carlos Fernandes a defender o remate, a dois tempos, de Valter Jr e a garantir a passagem da sua equipa a eliminatória seguinte.

A terceira eliminatória no dia 22 de novembro, o Vilaverdense vai receber o Olímpico do Montijo.

No final, o treinador Hélder Batista não escondia a sua satisfação: “foi um jogo em que a nossa equipa esteve solidária e organizada e com oportunidades, nos primeiros 45 minutos, para resolver o jogo. Quero dedicar esta vitória a toda estrutura que proporciona sermos melhorares semana após semana. Foi um jogo difícil perante um adversário competente e valoroso e tivemos a felicidade do jogo”.

Lanc FC /Vilaverdense que no próximo dia 01 de novembro vai jogar a 5ª Jornada do Campeonato de Portugal nas terras quentes de Mirandela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *