Jovem de Guimarães compete em concurso nacional com projeto agro-alimentar inovador

Carlos Daniel Coelho, aluno finalista da Escola Profissional Profitecla em Guimarães apresenta no próximo dia 04 de novembro, o seu projeto inovador na área alimentar – “Mil Folhas de Inseto”– uma farinha de insetos, como futuro produto alimentar, a um júri nacional que selecionará os 5 melhores do país.

O vencedor será distinguido com um prémio de 1000 Euros.

Devido às medidas de combate à pandemia do novo coronavírus, a 5ª Edição do “Concurso A Melhor PAP Nacional”, será feita num formato inovador (live streaming) à distância, que contará com um estúdio em Lisboa, passando a emissão da conferência por 8 cidades (Lisboa, Porto, Coimbra, Matosinhos, Braga, Barcelos, Viseu, e Guimarães) onde os alunos irão apresentar os seus projetos, garantindo desta forma a realização da iniciativa, cumprindo todas as condições de segurança pública, exigidas no atual contexto de pandemia.

A iniciativa “Concurso A Melhor PAP Nacional” tem por objectivo escolher e premiar em cada ano letivo, as cinco melhores Provas de Aptidão Profissional (PAP) de todas as Escolas Profissionais da Subholding Rumos Education, nomeadamente Escola Profissional de Tecnologia Digital (Escola Digital), Escola Profissional Ruiz Costa (eRC), Escola Profissional de Braga (EPB) e Escola Profissional Profitecla (Profitecla).

De acordo com António Ruão, diretor-geral da Rumos Education “neste momento as Provas de Aptidão Profissional são mais do que provas elaboradas por alunos do Ensino Profissional, em fase final de formação, para completarem o curso profissional. Esta iniciativa é fundamental para os alunos, não apenas para demonstrarem os conhecimentos e competências que adquiriram ao longo do seu percurso formativo, mas são um incentivo ao empreendedorismo jovem, no sentido de, através dos seus projetos e ideias terem contacto com a realidade empresarial e criarem o seu negócio ou posto de trabalho”, explica.

A escolha das PAP’s que vão a concurso nacional é da responsabilidade de cada instituição escolar ou polo (no caso da Profitecla).

Os autores dos 14 projetos de PAP’s que irão a concurso, serão informados dessa participação. Posteriormente, o júri selecionará 5 das 14 PAP’s a Concurso de acordo com diferentes critérios – Estruturação do Projeto, Expressão Escrita, Criatividade/Inovação, Pertinência do projeto, Viabilidade do projeto, Apresentação Final/Defesa.

Às outras quatro PAP’s serão atribuídos os prémios de abordo com as seguintes categorias – Prémio Criatividade/Inovação, Prémio Sustentabilidade do Projeto, Prémio Apresentação, Prémio do Júri.

O júri nacional que selecionará 5 das 14 PAP’s a Concurso será formado por 5 jurados, entre os quais a vencedora da Edição de 2019, entidades parceiras e organismos públicos.

Prémio no valor de 1000 Euros para a Melhor PAP
O autor da melhor PAP seleccionada pelo Júri Nacional será premiado com o “Prémio Rumos Education” de 1000 Euros. Aos autores das 4 PAP’s nas categorias de Criatividade e Inovação, Sustentabilidade, Apresentação/Comunicação e Prémio de Júri é atribuído o prémio no valor de 500 Euros a cada categoria. Aos restantes participantes serão atribuídas menções honrosas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *