Câmara quer classificar a laranja de Amares como património vegetal de interesse municipal

Classificar a Laranja de Amares como património vegetal de interesse municipal é a intenção do Município de Amares que apresentou, recentemente, uma proposta com o objetivo de preservar a identidade de um dos símbolos mais icónicos do concelho.

“Como é do conhecimento geral, a Laranja de Amares é hoje uma marca muito especial para o concelho e, enquanto elemento vegetal, é mesmo um dos símbolos distintivos do nosso brasão”, começou por explicar o vice-presidente e vereador da Cultura, Isidro Araújo.

“O reconhecimento das fruteiras regionais como património vegetal de interesse público é de grande importância não só para um desenvolvimento regional assente em produtos tradicionais, como também para a sua proteção. A laranja de Amares, apesar de não ter um aspeto tão atrativo como as demais, é hoje conhecida e renomeada em todo o país pela sua qualidade e como um fruto específico dada as suas características como fruto sazonal e, neste sentido, queremos proteger esta marca tão forte do concelho”.

A proposta já aprovada em reunião de câmara vai ser apreciada na próxima Assembleia Municipal de Amares.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *