Forças Armadas realizam 339 mil contactos no rastreamento de casos COVID-19

As Forças Armadas realizaram, desde 17 de novembro de 2020, 339 000 contactos no âmbito dos inquéritos de rastreio à COVID-19, em apoio ao Serviço Nacional de Saúde.

Nesta atividade, estão empenhados 797 militares da Marinha, Exército e Força Aérea, divididos por 43 equipas, estando a operar em apoio às Administrações Regionais de Saúde (ARS) do Norte, Centro, Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e às Regiões Autónomas da Madeira e dos Açores. ​

Depois de uma formação ministrada pelas Administrações Regionais de Saúde, as equipas realizam, diariamente, o contacto com os casos confirmados, e identificam os casos de risco com a maior brevidade, evitando cadeias de contágio.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *