Diocese de Braga vai contar com mais quatro padres

Os diáconos Pedro Antunes, Miguel Rodrigues e Paulo Pereira, e ainda o jesuíta Francisco Cortês Ferreira, vão ser ordenados sacerdotes este domingo.

Pedro Antunes, de 34 anos, é um dos três diáconos da arquidiocese de Braga que vai ser ordenado padre este domingo. É natural de Azurém, Guimarães, mas a sua paróquia de origem é Santa Maria do Bouro, em Amares. Afirma-se como “alguém que, acima de tudo, quer servir a Igreja”, como explicou em entrevista à Rádio Renascença.

Conta que realizou outros ofícios e estudos distantes da religião, mas num determinado momento percebeu que Deus o estaria a chamar para fazer algo diferente e que “só conseguiria alcançar a realização e a felicidade plenas se seguisse o caminho de discernimento para o sacerdócio”.

Já o diácono Jorge Miguel Rodrigues, natural de São João Baptista de Nogueira, em Braga, admite que sempre teve uma grande proximidade com a religião. Além do testemunho familiar, diz que houve muitas “histórias e rostos” e “pequenos sinais e gestos” que o levaram a querer aprofundar o seu caminho.

Paulo Pereira, natural de Santa Marinha de Covide, em Terras de Bouro, conta, por seu lado, que o vínculo com a religião surgiu um pouco por acaso. Estava no sétimo ano, quando um dos seus amigos o desafiou a frequentar alguns encontros pré-Seminário, uma vez que não queria ir sozinho. De um favor a um amigo, ficou a vontade de continuar a ir.

Paulo Pereira não esconde que teve momentos de dúvida sobre qual o caminho certo, mas o conselho que deixa é que não se tenha medo, até porque nunca se está sozinho e “Deus não chama apenas os capacitados, mas também capacita aqueles que chama”, refere ainda na entrevista à estação de rádio.

A ordenação dos quatros novos sacerdotes – três diocesanos e um jesuíta – vai decorrer na Cripta do Santuário de Nossa Senhora do Sameiro, às 15h30 deste domingo e será presidida pelo arcebispo de Braga, D. Jorge Ortiga. O contexto pandémico obriga a que tenha lotação limitada, mas a celebração terá transmissão online, através do canal de YouTube e da página de Facebook da Arquidiocese de Braga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *