Aí estão os fins-de-semana de cordeira à moda de Monção

Para degustar nos fins de semana de 23 e 24 e 30 e 31 deste mês, programa compreende exposições, harmonizações, concertos musicais, intervenções artísticas e visitas encenadas. Participam 24 restaurantes do concelho.

O concelho de Monção, com o rio Minho ao pé e a Galiza na outra margem, oferece um vasto cardápio de paladar caseiro e gostoso que compreende, entre outros manjares, o “Cordeiro à Moda de Monção”, popularmente conhecido como “Foda à Monção”, um prato apreciado e reconhecido como uma das “7 Maravilhas Gastronómicas de Portugal.

Dada a sua história, tradição e autenticidade, o Município de Monção promove, em conjunto com 24 restaurantes do concelho recomendados para a confeção e apresentação deste prato, o “Mês do Cordeiro à Moda de Monção”, nos fins de semana 23 e 24 e 30 e 31 deste mês.

Esta iniciativa, feita num período de maior agasalho temporal, pretende destacar o sabor único deste prato com tradição local, bem como proporcionar aos amantes do bom garfo a oportunidade de saborear este manjar delicioso do roteiro gastronómico monçanense.

Na mesa, o “Cordeiro à Moda de Monção” pede a companhia de um Alvarinho aromático ou um tinto, verde e refinado, bem como as afamadas Roscas de Monção, doce local eleito como uma das 7 maravilhas da doçaria nacional. Na visita a um dos restaurantes participantes, os clientes recebem um voucher, incluindo uma visita guiada ao Museu Alvarinho, entrega de pequeno alguidar em barro e oferta de Roscas de Monção.

Um programa para todos
Nos próximos dois fins de semana, a degustação do “Cordeiro à Moda de Monção, por aqui “Foda à Monção”, é complementada por um conjunto de iniciativas culturais e musicais promovidas pelo Município, cujo objetivo consiste em transformar uma visita a Monção numa “aventura” autêntica e enriquecedora com sensações agradáveis para todos.

Desta forma, numa parceria da Confraria da Foda de Pias com a Real Confraria do vinho verde tinto, estão previstas harmonizações entre o Cordeiro à Moda de Monção e Vinho Tinto Local. Nos dias 23 e 30, pelas 11h00, no Museu Alvarinho, com lotação máxima de 16 pessoas, para cada harmonização, sendo necessária inscrição prévia.

Nos dias 24 e 31, pelas 10h30, o programa apresenta visitas encenadas no Museu Monção & Memórias, Viagem no Tempo – Rota dos Castros e Museu Alvarinho. A lotação máxima para cada visita é de 16 pessoas, sendo necessária inscrição prévia.

A finalidade das visitas encenadas passa por dar uma nova vida aqueles espaços museológicos, de forma a proporcionar aos visitantes uma perspetiva diferente da história de Monção, fazendo com que se sintam parte integrante e ativa da nossa identidade cultural.

Além dos concertos com a Banda Musical de Monção, no dia 23, pelas 21h30, e da Banda Musical da Casa do Povo de Tangil, no dia 30, à mesma hora, ambos no Cine Teatro João Verde, está previsto, no dia 23, pelas 16h00, a entrega de prémios e inauguração da exposição do concurso “Coca de Monção 21”, no Museu Monção & Memórias.

Referência ainda para a inauguração de duas exposições de artistas galegos. Maria Xosé Fernandez, dia 23, pelas 18h00, na Galeria de Arte do Cine Teatro João Verde. Juan Coruxo, dia 24, pelas 10h00, nos passadiços “A Galiza Mail`o Minho”. Este local, com uma panorâmica fabulosa sobre a fortaleza de Monção e o rio Minho, recebe, neste dia, às 10h00 e às 17h00, intervenções artísticas ao vivo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *