Ponte de Lima recebe o Campeonato do Mundo de Canoagem 26 de setembro a 2 de outubro

Ponte de Lima acolhe o Mundial de Maratonas em Canoagem, entre os dias 26 de setembro e 2 de outubro. Esta é uma prova que leva a Ponte de Lima 900 canoístas de 36 países.

Ponte de Lima tem já uma longa tradição na canoagem, com um clube de referência, o Clube Náutico de Ponte de Lima. O desporto náutico, enquanto atividade que dá origem a uma série de dinâmicas sociais, culturais e económicas, assume em Ponte de Lima um papel relevante no conjunto de iniciativas que se pretendem incrementar, articular e integrar e que contribuirão, certamente, para a prossecução dos nossos objetivos de desenvolvimento.

Reconhecida por uma imagem de forte identidade e atratividade que tem promovido o aumento do número de desportistas, turistas e visitantes à região, em Ponte de Lima continua-se a trabalhar, de forma incisiva e contínua, para que a mesma continue a ser reconhecida, nacional e internacionalmente, pelos elevados índices de qualidade e que abra lugar à existência de novos investimentos ao nível das atividades relacionadas com o desporto náutico, a hotelaria, a restauração, empresas de animação turística, etc., também estes deverão ser pautados por padrões de exigência de qualidade dos serviços a prestar. Só assim se garantirá a sustentabilidade e durabilidade da estratégia.

As infraestruturas e equipamentos já criados, permitem neste momento promover a modalidade e identificar fortes dinâmicas existentes, afirmando a determinação no alcance daquele objetivo. O Município realizou importantes e avultados investimentos nos últimos anos com vista à criação de melhores condições para a prática da canoagem, das quais destacamos a ampliação das instalações do Centro Náutico, cuja 3.ª fase foi recentemente concluída e a recuperação e remodelação do Açude do Rio Lima, que permitiu a elevação da cota de água para que se consiga criar um plano de água sem correntes, que permitiu a realização de provas nacionais e internacionais.

Relembramos o sucesso da organização de provas internacionais das quais destacamos a realização, em 2017, do Campeonato da Europa de Maratona de Canoagem, que estamos certos que agora se irá repetir com a realização do Campeonato do Mundo de Maratona 2022.

A proximidade da Galiza e tendo presente a importância que estas modalidades assumem nesse território, havendo um mercado potencial e claramente identificado, é sem dúvida uma das grandes vantagens a explorar, bem como, as áreas metropolitanas de Braga e Porto.

O desenvolvimento da atividade de canoagem promovida pelo Clube Náutico de Ponte de Lima assume, cada vez mais, um papel preponderante na vida desportiva dos nossos jovens, sendo disso prova os bons resultados obtidos em competições que em muito dignificam o Alto Minho, com resultados inigualáveis alcançados pelos seus atletas de alta competição.

Foi em Ponte de Lima que, há 31 anos, nasceu aquele que viria a transformar-se no maior clube português de canoagem, fruto de um trabalho assente na formação e numa estratégica ligação às escolas locais. O currículo do Clube Náutico de Ponte de Lima é o melhor cartão-de-visita do desporto limiano e da região em que o clube se insere.

Poucos anos depois da sua fundação, já chegavam a esta terra títulos de campeão nacional. Com a intensificação do trabalho por parte dos atletas e do Clube os resultados melhoraram e, com naturalidade, atletas limianos iam chegando à equipa nacional de Portugal. A consequência lógica foi a conquista de resultados muito relevantes a nível europeu e mundial.

Dizer que Ponte de Lima é berço de maratonistas não é um exagero. Os atletas do clube conquistaram até à data mais de 60 medalhas em campeonatos da Europa e do Mundo e uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos. Além disso, entre 2007 até 2020 conquistaram 14 vezes o título de Campeão Nacional absoluto, e 1102 medalhas nacionais.

Ponte de Lima assume-se como uma pequena localidade, mas grande no seu clube e no conjunto campeões, difícil de igualar de, onde pontificam nomes que dispensam apresentações Homens e Mulheres que já levaram a canoagem aos maiores pódios do planeta, mas que também mantém a ilusão de poder trazer os grandes palcos da canoagem mundial até à sua terra natal.

Destes impossível não destacar uma parte impressionante do palmarés do atleta Fernando Pimenta, que muito honra este concelho e o Clube Náutico de Ponte de Lima e que merece por si só o reconhecimento de todos tendo marcado para sempre a história da canoagem em Portugal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.