Navio hidrográfico apoia investigação sobre vida marinha nas ilhas Selvagens

A lancha hidrográfica Andrómeda, em missão no arquipélago da Madeira, efetuou a recolha de uma boia ondógrafo do Instituto Hidrográfico, situada na área marinha protegida das ilhas Selvagens, detetando vários exemplares de invertebrados incrustados, que se desenvolveram ao longo dos últimos 2 anos.

​Foram recolhidas diversas amostras pelo Museu de História Natural do Funchal, que após um processo de identificação serão posteriormente registadas e incorporadas nas coleções científicas do museu.

A Marinha Portuguesa contribui, desta forma, para o importante trabalho desenvolvido por este órgão científico-cultural e, consequentemente, para o incremento do conhecimento da biodiversidade marinha na região.

O NRP Andrómeda, que comemora no mês de julho o seu 33º aniversário ao serviço da Marinha Portuguesa, é comandado pelo primeiro-tenente João Duarte Ventura da Cruz e tem uma guarnição de 14 elementos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *