Autoridade de saúde diz que surto em Vila Verde está “alegadamente” controlado

Uma reunião entre a câmara Municipal de Vila Verde e a autoridade de saúde local, a pedido da autarquia, decorreu esta manhã. Em cima da mesa, o recente surto de Covid-19 no concelho. Numa nota enviada à comunicação social, a autarquia dá conta das várias conclusões do encontro.

Uma delas é a garantia da autoridade de saúde que “o surto existente no concelho de Vila Verde, com diversos clusters e/ou links está identificado e alegadamente controlado”.

Há 50 munícipes que testaram positivos e 60 cidadãos em vigilância ativa “continuamente monitorizadas pela autoridade de saúde local”.

Os lar e serviços de apoio domiciliário das IPSS estão a receber visitas técnicas e inpetivas para se aferir “que os respetivos planos de contingência estão atualizados e que estas instituições estão, agora, melhor preparadas para enfrentar uma possível segunda vaga desta pandemia”.

A GNR vai ser chamada a colaborar para que reforce a fiscalização do cumprimento das normas legais de distanciamento”.

Cerca sanitária não

A autarquia esclarece que “em momento algum esteve em consideração a decisão de criar um eventual cerco sanitário ao concelho de Vila Verde”, mas não exclui “a decisão de restrição dos horários de funcionamento, assim como outras medidas adicionais que se justifiquem” caso haja necessidade.

As autoridades voltam a relembrar o cumprimento de todas as medidas preconizadas pelas autoridades, designadamente: a lavagem e desinfeção frequente das mãos; a manutenção das regras de etiqueta respiratória; a manutenção do distanciamento social, evitando os aglomerados e o uso da máscara facial no local de trabalho e durante os contactos sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *