Direção do Agrupamento de Escolas desmente presidente da Junta de Caldelas sobre turma do pré-escolar

A direção do Agrupamento de Escolas de Amares desmente e lamenta as declarações do Presidente da Junta da União de Freguesias de Caldelas, Paranhos e Sequeiros sobre a situação da turma do pré-escolar do Centro Escolar e que motivou um abaixo-assinado.

O sub-diretor compreende “a vontade dos encarregados de educação porque nós professores também gostávamos que as turmas fossem reduzidas”.

Sérgio Silva, da direção do Agrupamento, ao ‘Terras do Homem’, diz que “é falso que haja desvio de alunos para outros centros escolares” nem que são cinco as crianças em causa.

“Há uma aluna que foi matriculada fora de prazo, no mês de Agosto, e que não teve lugar no Centro Escolar de Caldelas porque a turma já estava fechada há muito tempo”, começa por explicar, acrescentando que “neste caso, foi dito à mãe quais eram as soluções que tinha para a filha”.

Segundo Sérgio Silva, “este é o único caso que existe em Caldelas, não há mais nenhum”.

O sub-diretor do Agrupamento dá conta, ainda, de uma outra situação de “uma aluna que não teve lugar na primeira prioridade, Ferreiros, não teve lugar na segunda prioridade, Gualdim Pais e a terceira prioridade era Caldelas onde ficou colocada. Entretanto, com a abertura de vagas em Gualdim Pais por transferência de alguns meninos, foi perguntado à mãe se queria que a filha fosse para lá, a mãe aceitou e a menina passou para Gualdim Pais”.

O responsável adianta, ainda, que “só foi constituída uma turma de 25 alunos em Caldelas porque só existiam matrículas para tal. Foi isso que foi enviado para a Dgeste. Cumprimos a lei que existia antes da pandemia, que ainda está em vigor, e nós não podemos construir as turmas indo contra a lei”.

Recorde-se que está a decorrer um abaixo-assinado na União de Freguesias onde é solicitada a abertura de mais uma turma de pré-escolar no Centro Escolar de Caldelas e que deverá ser entregue na próxima sexta-feira no Agrupamento de Escolas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *