UMinho e Universidade de Aveiro unidas na capacitação pedagógica dos seus docentes

Nove instituições de ensino universitário e politécnico articularam-se para criar as primeiras Jornadas Interinstitucionais de Desenvolvimento Pedagógico, num modelo original de colaboração, particularmente relevante no contexto atual de procura de novas formas de ensino para dar resposta à pandemia.

Trata-se de mais uma iniciativa de desenvolvimento pedagógico organizada pelas Universidades do Minho (UMinho) e de Aveiro (UA).

O programa desenvolve-se inteiramente online e disponibiliza 370 vagas para docentes das instituições participantes, que poderão usufruir de formações desenvolvidas por todas as instituições.

O programa decorrerá entre 28 de setembro e 2 de outubro e propõe 15 sessões de desenvolvimento pedagógico, focando temas como a utilização de tecnologias interativas em contexto de atividades letivas presenciais e remotas, o papel da inteligência emocional no envolvimento do ensino remoto ou as estratégias de gamificação no contexto do ensino superior.

Manuel João Costa, pró-reitor da UMinho para os assuntos estudantis e inovação pedagógica, e Sandra Soares, pró-reitora da UA para a inovação curricular e a internacionalização da formação dos 1º e 2º ciclos, revelaram que este será o primeiro momento em que o trabalho interno feito nas instituições é colocado à disposição de todas elas.

“Vão ser partilhados recursos, colocados docentes em contacto com outros docentes e serão promovidas experiências entre várias instituições no sentido de se melhorar o ensino superior no nosso país”, salientaram os responsáveis das duas instituições.

Várias instituições de ensino superior têm procurado criar oportunidades de formação e desenvolvimento pedagógico dos docentes com o objetivo de melhorar as aprendizagens dos estudantes e prepará-los para dar contributos relevantes para lidar com as incertezas do mundo contemporâneo.

Nestas Jornadas Interinstitucionais de Desenvolvimento Pedagógico esse esforço torna-se colaborativo, abrindo as portas para uma troca de experiências e, mais importante, possibilitando que essa troca de experiências aconteça entre os docentes das diferentes instituições.

A partilha que ocorrerá nestas Jornadas é, igualmente, uma mais valia do ponto de vista institucional, uma vez que as instituições de ensino terão os seus programas internos de formação docente enriquecidos por uma maior diversidade de áreas formativas. Numa época que coloca ao ensino superior desafios extraordinários, são de saudar partilhas de oportunidades e de recursos como a proposta.

Para além das Universidade do Minho e Aveiro, participam nesta iniciativa as universidades do Porto, Nova de Lisboa e Trás-os-Montes e Alto Douro e os instituto politécnicos do Porto, Leiria e Setúbal e Instituto Superior Técnico de Lisboa. Instituto Politécnico do Porto, Técnico de Lisboa, Universidade do Porto e Universidade Nova de Lisboa.

As inscrições estão abertas até ao dia 24 de setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *