Assembleia Municipal de Terras de Bouro aprovou Documentos Previsionais para 2021 no valor de 15 milhões de euros

O Auditório Professor Doutor Emídio Ribeiro, na vila do Gerês, acolheu a sessão da Assembleia Municipal de Terras de Bouro.

A quinta e última sessão ordinária de 2020 teve como ponto principal a discussão dos Documentos Previsionais de 2021 que foram aprovados por maioria com nove abstenções, cinco do Movimento Independente “Terras de Bouro é o Nosso Partido” e quatro do Partido Socialista. A autarquia prevê um orçamento para 2021 a rondar os 15 milhões de euros.

Os deputados abordaram, ainda, a edificação de um parque de campismo e caravanismo no lugar da Assureira, da freguesia de Vilar da Veiga que foi aprovado por maioria com a abstenção dos quatro deputados do Partido Socialista.

Como já tinha sido anunciado e depois da autarquia recusar transferir competência do Estado nos domínios da ação social, saúde e educação, a Assembleia Municipal concordou com essa decisão por maioria com duas abstenções do Partido Socialista.

Destaque ainda para um voto de louvor para a empresa ‘Águas do Fastio’ aprovado por unanimidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *