Hospital de Vila Verde esgota unidade de doentes Covid-19

O Hospital da Santa Casa de Misericórdia de Vila Verde ativou uma unidade destinada a doentes afetados pela pandemia da Covid-19, que já esgotou a capacidade superior a duas dezenas de camas, segundo revelou hoje ao Terras do Homem o provedor, Bento Morais.

“O Hospital de Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde nunca deixou, entretanto, de trabalhar em pleno, nas cirurgias, exames e consultas, numa altura em que se tanto se fala em tratamento de doentes ‘não-covid’ nos hospitais sociais e privados, atendendo diariamente centenas de utentes, constituindo uma retaguarda de excelência aos hospitais centrais, que sentem maior pressão com o aumento da pandemia, sendo obrigado a parar alguns tratamentos e cirurgias não urgentes”, disse Bento Morais.

Dois meses após o primeiro-ministro António Costa e a ministra da Saúde, Marta Temido, terem assinado na instituição vilaverdense um protocolo de colaboração com diversas Misericórdias dos distritos de Braga, de Vila Real e do Porto, a Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde, cujo Hospital inclui um Serviço de Urgência, dispõe de uma unidade para tratamento de doentes afetados pela Covid-19 constituída por 21 camas, acrescentou o provedor, Bento Morais.

“Com o avançar da pandemia, a unidade não tem vagas no momento, mas tem vindo a garantir um acompanhamento de excelência a todos os doentes internados na unidade, sob responsabilidade clínica do médico Raúl Marques Pereira, que lidera uma equipa de profissionais de várias áreas, que tem sido incansável e os doentes estão todos estáveis”.

“A unidade foi criada como Ala Covid com o objetivo de receber doentes para tratamento e isolamento, neste momento é delicado, mas tudo continuaremos a fazer, em consonância com as autoridades de saúde para mitigar a pandemia e cuidar de cada doente até à cura”, acrescentou o mesmo responsável pelo maior hospital do setor social do distrito de Braga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *