Amares (34 casos) e Vila Verde (60) descem para risco moderado, Terras de Bouro (19) mantém risco elevado

Os concelhos de Amares e Vila Verde desceram para risco moderado (o segundo mais baixo da escala) segundo o relatório da Direção Geral de Saúde. Nos últimos 14 dias, Amares tem 34 casos e Vila Verde 60. Já Terras de Bouro mantém o risco elevado com 19 casos no mesmo período.

Manteigas é o concelho onde a situação da Covid-19 é mais crítica, com mais casos nos últimos 14 dias por 100 mil habitantes, de acordo com os dados atualizados, esta segunda-feira, pela Direção-Geral da Saúde (DGS). Há, neste momento, apenas três concelhos onde a situação da pandemia é considerada mais crítica.

Segundo a distribuição geográfica, que consta do relatório de situação desta segunda-feira, Manteigas tem uma incidência cumulativa a 14 dias de 1.896 casos por 100 mil habitantes. Destaque também para os concelhos de Arronches (1.773) e Resende (1.421).

Os números diários têm vindo a aliviar e prova disso é que há apenas três concelhos em risco extremo, ou seja, com mais de 960 casos por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias, há uma semana, eram 15 concelhos na situação mais crítica. Se alargarmos o horizonte, 70% dos concelhos portugueses chegaram a estar em risco extremo.

Contabilizam-se ainda 11 concelhos com zero casos da Covid-19 por 100 mil habitantes nos últimos 14 dias: Angra do Heroísmo, Corvo, Lajes das Flores, Nordeste, Porto Santo, Povoação, Santa Cruz da Graciosa, Santa Cruz das Flores, Velas, Vila Franca do Campo e Vila Velha de Ródão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *