Chega apresenta candidatos às câmaras de Amares, Terras de Bouro e Vila Verde

José Manuel Faria em Amares, João Madeira em Terras de Bouro e Fernando Feitor em Vila Verde foram os rostos escolhidos pelo Chega para encabeçaram as listas do partido nas próximas eleições autárquicas. Uma apresentação que decorreu, numa quinta em Vila Verde, contou com a presença do líder do partido, André Ventura, que pouco antes inaugurou a sede vilaverdense do Chega.

João Madeira, professor na área do desporto, apresentou-se como “um aprendiz da política” e disse “não estar para a mudar, mas para ser diferente”. Desiludido da política desde Sá Carneiro, voltou a “ter esperança” depois de aparecer André Ventura.

Em Amares, José Manuel Faria será o cabeça de lista: “o Chega são pessoas, são cidadãos portugueses que votaram, que têm as sus opções conscientes”, prometendo uma “rutura com o passado mostrando que os políticos não são todos iguais”.

Defende que a “a câmara deve ser uma instituição de prestígio não pode ser uma agência de emprego nem de ação social”. É preciso “ser exigente com os serviços, competentes, com funcionários reconhecidos pelo trabalho que desenvolvem e pessoas bem atendidas”.

Já Fernando Feitor, por Vila Verde, manifestou a sua vontade “de fazer mais por Vila Verde, dar tudo pela minha terra e pela minha gente”, que “não seja só um dormitório de Braga, mas onde seja bom viver”.

Numa indireta ao atual executivo, Feitor disse que “Vila Verde é mais conhecida pelas ações judiciais do que pelo seu desenvolvimento”.

Antes na inauguração da sede concelhia, André Ventura manifestou o seu “contentamento” porque “é mais uma semente que estamos a deixar para o futuro”. Lembrando que o partido terá “batalhas duras, cheias de armadilhas pela frente”, a abertura de uma sede é “uma pedra que se coloca na base de um partido sólido”.

O jantar juntou 250 pessoas vindas, principalmente, dos três concelhos “mas poderiam ser 800 se as regras da DGS o permitissem”, como referiu Filipe Melo, líder da distrital.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *