Encontro luso-galaico na Praça da República em Monção

Valorizar a herança cultural portuguesa e galega é o objetivo deste espetáculo musical com interpretação do Grupo Coral de Santo António, de Riba de Mouro, e do Ideal Fado, grupo que trabalhou com elementos de associações concelhias na criação de letras de fado.

Este sábado, pelas 21h00, a Praça da República recebe o Encontro Luso-Galaico “Trobadores e Soldadeiras” com a participação do Grupo Coral de Santo António, de Riba de Mouro, e do “Ideal Fado”, grupo que desenvolveu projetos musicais com associações concelhias, criando, no âmbito das oficinas de trabalho, novas letras de fado.

Aberto ao público com todas as condições de segurança, cumprindo as recomendações da Direção Geral de Saúde, o Encontro Luso-Galaico, promovido pela CIM Alto Minho com o apoio da autarquia monçanense, focaliza-se no reforço cultural e etnográfico dos dois povos, propondo uma atenção renovada sobre a herança de séculos de uma história comum.

Procura, igualmente, enaltecer a riqueza imaterial da sonoridade e da língua desta região transfronteiriça, visando, em paralelo, a criação de um esforço coletivo que garanta a expansão deste vasto e interessante património, através da produção de novos temas e interpretações geradas no seio das comunidades locais.

Nas oficinas de trabalho com o grupo “Ideal Fado” participaram elementos da Filarmónica Milagrense – Associação Cultural Recreativa e Social, da Associação Recreativa Cultural “Os Teimosos”, da Associação Cultural Lá-Mi-Ré – Paraíso das Notas e do Grupo de Teatro Amador de Mazedo Tuka Tuka.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *