Mais de 160 crianças expõem os seus trabalhos na Casa da Memória em Guimarães

Retomando o sucesso das edições anteriores, o projeto “Pergunta ao Tempo” regressa à Casa da Memória de Guimarães (CDMG) pelas mãos dos alunos do 4º ano do 1º ciclo do ensino básico, revelando ao público o resultado do trabalho desenvolvido ao longo do ano letivo.

O património cultural, a reflexão sobre a memória e as formas como a representamos envolveram todas as crianças, as suas famílias e a comunidade local. A Casa da Memória mantém-se, assim, como lugar de abrigo e de encontro da comunidade consigo própria.

A partir de hoje, é revelado o resultado da edição de 2020/2021 do projeto “Pergunta ao Tempo”, numa exposição que resulta de um processo de investigação e de criação artística sobre o património local, desenvolvido ao longo do ano letivo, por um total de 162 crianças e 11 professores/as do 4º ano do 1º CEB, de 10 agrupamentos de escolas de Guimarães.

Desenvolvido pela Educação e Mediação Cultural d’A Oficina, este projeto artístico e de mediação conta com a coordenação de João Lopes e a direção criativa de Francisco Neves, procurando inspirar a descoberta de elementos para a reinterpretação de cada um dos núcleos expositivos permanentes da Casa da Memória.

Ao longo do ano letivo que agora termina, desenvolveram-se estratégias criativas de pesquisa, recolha e documentação do património cultural do território, na sua materialidade e imaterialidade, numa relação de proximidade com crianças, famílias, professores e comunidade local. Desta experiência, para além de visitas e oficinas, resulta esta exposição final, com objetos, histórias e testemunhos que coabitam e dialogam com o próprio espaço museológico da Casa da Memória.

De recordar que o “Pergunta ao Tempo” teve início no ano letivo de 2016/2017, como resposta ao desafio de proximidade à comunidade escolar, lançado pela Vereação de Educação do Município de Guimarães.

Aberta a todas as idades, a exposição resultante do projeto deste ano pode ser desvendada na Casa da Memória, de terça a sexta, das 10h00 às 17h00, e ao sábado e domingo, das 11h00 às 18h00. Esta e outras informações podem ser consultadas em www.aoficina.pt e www.casadamemoria.pt, bem como nas respetivas redes sociais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *