Casos Covid-19 com descida acentuada em Amares, Terras de Bouro e Vila Verde

O relatório diário da DGS dá conta de uma descida acentuada do número de infetados com Covid-19 nos três concelhos do Vale do Homem. Assim, Amares tem registados 65 casos, Terras de Bouro 10 e Vila Verde 132.

Uma descida que vem em consonância com o retrato do país. A taxa de incidência nacional de infeções com SARS-CoV-2 nos últimos 14 dias registou uma descida significativa, de 191,1 para 173,6 casos por 100 mil habitantes, e o índice de transmissibilidade caiu de 0,84 para 0,83.

Portugal deixou hoje de ter concelhos em risco extremo de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, o que não ocorria desde o início de julho, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) hoje divulgado.

O risco extremo de infeção verifica-se quando um concelho tem uma incidência cumulativa a 14 dias acima dos 960 casos de infeção por 100 mil habitantes.

Desde o dia 02 de julho que Portugal não tinha concelhos fora deste nível de risco.

Na última análise, a 10 de setembro, Portugal tinha três concelhos em risco extremo de infeção com o coronavírus SARS-CoV-2.

Em risco muito elevado, ou seja, com uma incidência de entre 480 e 959,9 casos por 100 mil habitantes, estão os concelhos de Albufeira (708), Portimão (491), São Brás de Alportel (569), Barrancos (739), Boticas (487), Montalegre (642). Celorico da Beira (822) e Penela (575).

Entre ao 240 e os 479,9 casos por 100 mil habitantes a 14 dias o boletim relata a existência de 37 concelhos nessas condições.

Segundo o boletim, entre os 120 e os 239,9 casos por 100 mil habitantes a 14 dias estão 113 concelhos.

Com zero casos de infeção no período entre 02 e 15 e setembro estão 20 dos 308 concelhos: Alcoutim, Armamar, Góis, Lajes das Flores, Lajes do Pico, Porto Santo, Povoação, Santa Cruz das Flores, Santa Cruz da Graciosa, S. João da Pesqueira, Calheta (Açores), Miranda do Douro, Mora, Moura, Murça, Nordeste, Vila Velha de Ródão, Vila do Porto, Velas, Freixo de Espada a Cinta e Corvo.

Na nota explicativa dos dados por concelhos é referido que a incidência cumulativa “corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *