Terras de Bouro e Vila Verde com descida acentuada de novos casos, Amares nem por isso

O concelho de Amares é aquele que apresenta a maior incidência de novos casos de Covid-19 na última semana, segundo o relatório da direção geral da saúde. Há 44 casos assinalados de infetados em Amares, dois em Terras de Bouro e 66 em Vila Verde, sendo que estes dois últimos concelhos estão nas linhas inferiores de infeção.

O risco extremo de infeção verifica-se quando um concelho tem uma incidência cumulativa a 14 dias acima dos 960 casos de infeção por 100 mil habitantes.

No boletim da última sexta-feira dia em que são comunicados os valores dos concelhos, Portugal tinha deixado de ter municípios em risco extremo de infeção, o que já não acontecia desde o início de julho.

Hoje o relatório das autoridades revela que está neste patamar o concelho de Barrancos com 1.171 casos na análise referente à incidência cumulativa a 14 dias entre 9 e 22 de setembro.

Na nota explicativa dos dados por concelhos é referido que a incidência cumulativa “corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada”.

Em risco muito elevado, ou seja, com uma incidência de entre 480 e 959,9 casos por 100 mil habitantes, estão sete concelhos: Albufeira (489), Alcoutim (674), São Brás de Alportel (501), Celorico da Beira (519), Penela (594), Povoa de Lanhoso (489) e Vidigueira (566).

Entre ao 240 e os 479,9 casos por 100 mil habitantes a 14 dias o boletim relata a existência de 19 concelhos nessas condições, menos 18 do que na última análise.

Segundo o boletim, entre os 120 e os 239,9 casos por 100 mil habitantes a 14 dias estão 78 concelhos, menos 35 do que na semana anterior.

Com zero casos de infeção no período entre 9 e 22 e setembro estão 17 dos 308 concelhos: Alter do Chão, Lajes das Flores, Lajes do Pico, Porto Santo, Povoação, Santa Cruz das Flores, S. João da Pesqueira, Calheta (Açores), Miranda do Douro, Nordeste, São Vicente, Oleiros, Velas, Vila de Rei, Vila Velha de Rodão, Vila do Porto e Vimioso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *