Manuel Tibo recandidata-se à presidência dos bombeiros de Terras de Bouro

Após seis anos na direção da associação dos Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro, Manuel Tibo apresenta nova candidatura. A formação e o incentivo à prática de voluntariado são as prioridades do candidato para os próximos três anos.

No próximo dia 30 de outubro decorrem em Terras de Bouro as eleições para a presidência dos Bombeiros Voluntários de Terras de Bouro. Após seis anos à frente da associação terrabourense, Manuel Tibo volta a recandidatar-se.

O objetivo é “continuar disponível para ajudar e apoiar uma instituição que tanto orgulha Terras de Bouro”, afirma o também Presidente da Câmara de Terras de Bouro. Manuel Tibo, integrante dos órgãos sociais da corporação de Terras de Bouro desde 1999, refere que o trabalho na instituição ainda está inacabado e a “intenção é poder continuar a contribuir para o desenvolvimento dos Bombeiros de Terras de Bouro”.

Manuel Tibo afirma que com a pandemia da Covid-19 a associação de bombeiros “passou uma fase muito difícil”, admitindo que nos próximos três anos vão ser tempos de “grandes responsabilidades”.

A grande prioridade do próximo mandato para Manuel Tibo prende-se com a formação dos bombeiros da corporação. O candidato realça a importância da “criação de condições para que os profissionais possam desempenhar a sua função de proteção dos outros da melhor forma possível”.

O presidente da Câmara Municipal de Terras de Bouro, também anunciou que um dos próximos passos a executar é a construção e a requalificação de uma sala polivalente. Obra que vai ser realizada com o apoio do município.

Nos últimos anos, Manuel Tibo, assume que os grandes desafios enfrentados pela associação de Terras de Bouro foram “as baixas comparticipações do estado, que complicam a gestão dos recursos humanos e dos equipamentos necessários”.

O presidente da associação assume, assim, que com o regresso à normalidade espera que o Estado apoie estas instituições, para que “consigamos manter os compromissos com a população, com os funcionários e, mesmo, com os fornecedores”.

Uma das grandes metas da recandidatura apresentada por Manuel Tibo é, ainda, promover e incentivar à prática de voluntariado no concelho, acrescentando que “a instituição vive muito à base do voluntariado e é preciso criar mais meios e condições para atrair voluntários e fazer crescer a nossa associação”.

A perspetiva de futura da associação, segundo o presidente, é, assim, “ter uma corporação de bombeiros forte e que dê resposta a todas as necessidades”.

A candidatura de Manuel Tibo à presidência da associação dos bombeiros voluntários de Terras de Bouro conta também com Adelino Cunha, António Sousa, Paulo Antunes, José Vieira Martins, Valério Antunes e José Dias na direção. António Amaro preside a assembleia geral e Manuel Adelino Viana o conselho fiscal da associação humanitária dos bombeiros voluntários de Terras de Bouro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *