Independentes de Valdosende juntam-se à CDU para governar junta de freguesia

O movimento independente que ganhou, sem maioria, a junta de freguesia de Valdosende, em Terras de Bouro, chegou a acordo com a CDU para encontrar uma solução que permita governar a junta de freguesia. A tomada de posse já ocorreu, este fim-de-semana.

A solução, como explicou Manuel Rodrigues, o presidente eleito, ao ‘Terras do Homem, colocou os eleitos do PSD fora da equação: “não são pessoas com quem nos identifiquemos”. Quem também fica de fora do ‘arranjo’ é Bernardino Silva (terceiro na lista dos independentes e anterior membro da junta) porque Manuel Rodrigues não gostou “da postura e do que estava a ser ‘cozinhado’”, por esse elemento.

Assim, a junta é composta por Manuel Rodrigues como presidente e Margarida Martins (independente) e Cláudia Pereira (CDU) a assumirem os outros dois cargos. Como presidente da Assembleia de Freguesia fica Agostinho Silva (independente), Maria João Lameira (independente) e Amândio Barbosa (CDU e candidato eleito à junta).

Manuel Rodrigues é o único presidente da junta que não foi eleito pelo PSD. Uma situação que o autarca crê não ser um problema: “tanto a junta de freguesia como a câmara municipal vamos trabalhar em prol da freguesia e do concelho”, acrescentando que “não tenho nada contra o presidente da câmara, até fiz campanha por ele porque acho que tem feito um bom trabalho em Terras de Bouro”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *