Em Esposende avançam obras de valor superior a 600 mil euros

O Município de Esposende tem em curso três obras de requalificação de infraestruturas rodoviárias e construção de equipamentos, no valor global de aproximadamente 622 mil euros. Inseridas no Plano de Investimento nas Freguesias, estas obras afiguram-se fundamentais na resolução de problemas que afetam as populações de Gandra, Forjães, Marinhas e Palmeira de Faro.

“Uma vez que já está em curso o plano de execução das obras de regeneração que beneficia as zonas urbanas de Apúlia, Esposende, Fão e Marinhas, o Município direciona-se agora para a concretização do Plano de Investimento nas Freguesias”, sustenta o presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira.

Em Gandra, já está em curso a derradeira fase da obra de beneficiação da avenida de S. Martinho. Com um valor de 211.697 euros mil euros, esta intervenção foi consignada em 22 de junho e tem um prazo de execução de 108 dias, incidindo no troço entre a rotunda da variante à estrada nacional 13 e a rua Manuel Barros.

Em Forjães, arrancou a 13 de julho a construção de um pavilhão para a Junta de Freguesia. A obra tem um prazo de 108 dias e foi adjudicada pelo valor de 206.690 euros.

O Município de Esposende prepara, entretanto, o arranque de duas outras obras: a ponte de Susão, no ribeiro da Reguenga, em Palmeira de Faro, é uma obra com data de início a 27 de julho e tem um prazo de execução de 90 dias, tendo sido adjudicada por 90.627 euros; e a requalificação da Rua da Senra, em Marinhas, com início agendado para 22 de julho e com um valor global de 112.699 euros, tem um prazo de execução de 120 dias.

Em Marinhas, as obras compreendem a execução das redes de infraestruturas de abastecimento de água e de drenagem de águas residuais domésticas, mantendo-se a pavimentação em calçada de granito.

Sendo obras há muito ansiadas pelas populações destas freguesias, merecem referência prioritária pelas respetivas Juntas de Freguesias, sendo essenciais para eliminar os problemas de estrangulamento, melhorando as condições de segurança e de circulação.

“O Município de Esposende vai suportar estes investimentos significativos, com o objetivo de garantir melhores condições de circulação e de segurança, tanto para automobilistas como para peões, assim como vai resolver um problema logístico, na vila de Forjães”, sustentou o Presidente da Câmara Municipal, Benjamim Pereira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *