Braga tem a primeira Loja Policial do Cidadão do país

A Loja Policial do Cidadão, inédita em Portugal, começou a funcionar, no Comando Distrital da PSP de Braga.

O modelo, uma realidade em Braga, pode passar a ser, em breve, estendido a Comandos Distritais, Regionais e Metropolitanos.

Como foi referido, numa recente visita do diretor nacional da PSP, superintendente-chefe Magina da Silva, a gestão do espaço para atendimento ao cidadão passa pelo sistema de gestão de senhas, onde se encontra também o graduado de serviço.

Em diferentes salas, uma das quais destinada em exclusivo aos casos de violência doméstica, poderão apresentar queixas, e serão ouvidos, em local próprio, arguidos e de testemunhas em processos criminais, enquanto nas instalações policiais propriamente ditas, já dentro do Comando, só circulam profissionais.

O comandante distrital da PSP de Braga, superintendente Pedro Teles, esclareceu que “a partir da sua abertura o cidadão que pretenda tratar de qualquer assunto, com a Polícia de Segurança Pública, vem a esta Loja Policial do Cidadão, não tem já que estar a deslocar-se de uma esquadra para outra esquadra, pode e deve tratar de tudo aqui mesmo, seja o assunto que for com a PSP”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *