Regulamento do bem-estar animal de Amares em discussão pública a partir de hoje

O projeto de Regulamento de Saúde e Bem-Estar Animal do Município de Amares, um documento que vai permitir regular o destino dos animais acolhidos no centro de recolha oficial do concelho, assim como definir medidas para o controlo de animais errantes, está em discussão pública a partir de hoje.

Durante trinta dias, os interessados podem consultar o documento no site da autarquia.

“Médico veterinário do município“, “Circulação na via ou lugares públicos”, “Deveres gerais dos detentores”, “Alojamento”, “Centro de Recolha Oficial de Animais do Município de Amares (CROAMA)”, “Captura, ações de profilaxia médica e sanitária e destino dos animais”, “Receção e recolha voluntária de animais”, são alguns dos itens constantes neste novo regulamento, que surge tendo em conta os benefícios da organização dos procedimentos administrativos subjacentes à saúde e ao bem-estar animal e ao funcionamento do Centro de Recolha Oficial de Animais do Município de Amares (CROAMA).

O vereador do Ambiente, Vítor Ribeiro, explica que o Município de Amares vai passar a estar dotado com um regulamento para o bem-estar animal “em consonância com a legislação em vigor”.

“Em breve vamos inaugurar o centro de recolha oficial de animais do município de Amares onde já temos o nosso Ecocanil – espaço circular, cujo modelo é pioneiro em Portugal e que tem sido referenciado como um exemplo nacional, e cujo regulamento nos colocará em linha com as melhores práticas para o bem-estar animal”, conclui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *