Portugal ultrapassa 820 mil casos de Covid-19 em dia com 8 mortes

De acordo com o boletim da Direção-Geral da Saúde (DGS) deste sábado, Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 344 infeções por SARS-CoV-2, ultrapassando assim os 820 mil casos de Covid-19 acumulados (820 042).

As autoridades de saúde indicam ainda que este sábado foram contabilizadas mais oito vítimas mortais com Covid-19, num total de 16 827 mortes desde o início da pandemia.

Em comparação a ontem, há uma variação de 0,04% no número de infeções e de 0,05% no número de óbitos.

O número de internamentos desce este sábado, com particular importância nas unidades de cuidados intensivos, onde há menos sete doentes e o número total de internados fica assim abaixo dos 150. Nas enfermarias há também menos 51 pessoas internadas, num total de 618.

Esta sábado, há ainda, de acordo com as autoridades de saúde, menos 3 332 casos ativos (total de 28.208).

Quanto ao número de recuperados, nas últimas 24 horas foram contabilizados mais 3 668, o que faz o total de recuperados ascender aos 775 007, desde o início da pandemia.

Distribuição geográfica
Em relação à distribuição geográfica, a região de Lisboa e Vale do Tejo é a mais afetada pela pandemia de Covid-19 em termos de novos casos, ao registar mais 152 infeções (total de 310 805) e um óbito (7 114).

Segue-se a região Norte do país, que soma este sábado mais 68 infeções (330 111) e dois mortos (5 297).

O Centro contabiliza mais 51 casos (116 977) e uma morte (2 998). Hoje, as autoridades de saúde registaram ainda mais 32 casos no Alentejo (29 037), sem alteração no balanço de óbitos (968).

No Algarve, o relatório de hoje regista uma redução de três casos no total acumulado, apesar de terem sido contabilizados 35 novos casos face ao dia anterior. De acordo com a DGS, “foram transferidos ou corrigidos 38 casos notificados no passado pelas Autoridades de Saúde”.

Nos arquipélagos, há hoje mais 14 casos nos Açores (4 028) e uma morte (29), enquanto que na Madeira há mais 30 infeções (8 507) e também mais um óbito (68).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *