Orçamento da Misericórdia de Vila Verde em 2020 foi de 23 milhões de euros

A Assembleia-Geral da Santa Casa da Misericórdia de Vila Verde aprovou por unanimidade o Relatório de Atividades e Contas referentes ao ano de 2020, num total de mais de 23 milhões de euros.

“Foi, sem dúvida, um ano atípico, difícil, e que não nos permitir cumprir com todas as atividades que, em 2019, havíamos proposto para 2020”, refere a instituição em comunicado.

Citando o parecer do Conselho Fiscal, destaca-se, em termos de obras, “a remodelação do bloco operatório do hospital, possibilitando uma melhoria dos serviços prestados aos utentes em geral e no âmbito do contrato-programa outorgado com a ARS-Norte. Referência, a par da candidatura para remodelação do Lar Residencial e ampliação do C.A.O/CAARPD (Centro de Atendimento, Acompanhamento e Reabilitação Social para Pessoas com Deficiência e Incapacidade), para a conclusão da terceira fase do projeto de remodelação do Lar1. De assinalar, também, o volume de formação no âmbito dos Projetos POISE/Portugal 2020, e admissão de 60 novos colaboradores”.

A diminuição do volume de negócios e o aumento dos custos necessário à proteção dos utentes e colaboradores e a situação financeira da instituição apresentar indicadores rácios de solvabilidade e de rendibilidade são outros dos aspetos realçados.

A Assembleia aprovou, ainda, um Voto de Louvor aos profissionais de saúde da nossa Instituição, proposto pela Mesa Administrativa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *