Vila Verde avança com a requalificação urbanística da rua Luís Vaz de Camões

A Câmara Municipal de Vila Verde tem em execução o projeto de Requalificação Urbanística da Rua Luís Vaz de Camões, na sede concelhia.

Com um valor base superior a 516 mil euros, a empreitada vai proporcionar a melhoria da qualidade espacial, estética e funcional desta rua, num esforço de criar equilíbrio, harmonia, unidade e continuidade com os restantes espaços que formam o centro urbano de Vila Verde.

A rua Luís Vaz de Camões concorre para a melhoria da mobilidade no centro urbano de Vila Verde, emergindo como um estratégico ponto de passagem e de articulação quotidiana, bem atenta a variedade e complementaridade dos vários serviços que se localizam na sua envolvente, nomeadamente o Centro de Saúde, a Junta de Freguesia, a Segurança Social, a Escola Secundária, a Igreja, o Tribunal e a Câmara Municipal.

O espaço desta rua é trabalhado no sentido de definir e diferenciar aquilo que são zonas de circulação automóvel, ciclovia, estacionamento, travessias de peões, espaços verdes e zonas de estar.

Inverte-se, pois, a lógica em que o automóvel tem a primazia na circulação para a devolver ao peão, razão pela qual todas as passagens de peões são niveladas pelas cotas de passeios e estes apresentam sempre a largura mínima de 0,90m, contribuindo, assim, para a melhoria das condições de mobilidade. Acresce o facto das passagens de peões serem niveladas pelas cotas dos passeios e de serem criadas zonas de cruzamento sobrelevadas que atuam como controladores de velocidade.

O troço de ciclovia existente nesta artéria é respeitado pelo conceito deste projeto de requalificação urbanística, tentando-se dotar o restante espaço de condições que promovam e favoreçam a diversidade na mobilidade urbana.

Na ótica do Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, “a sede concelhia tem vindo a conhecer um crescente dinamismo, potenciador do desenvolvimento das atividades do setor terciário – comércio e serviços -, pelo que se impõe acompanhar esta tendência com a criação de condições para uma mobilidade que aporte, ao mesmo tempo, ganhos em termos de rapidez, de comodidade, de segurança e de sustentabilidade para todos; para quem cá reside e para quem nos visita”.

O autarca sublinha que “a modernização do território e o incontornável investimento na reabilitação da rede viária revestem-se de crucial importância para fixar a população concelhia e para captar novos projetos empresariais catalisadores da economia e do emprego, pois só assim conseguiremos cativar os nossos jovens e fazer com que aqui se sintam realizados pessoal e profissionalmente”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *