Cemitério de Carrazedo, em Amares, vai ser alargado

A Junta de Freguesia de Carrazedo já colocou os muros e os alicerces no alargamento do cemitério da freguesia. Segundo o presidente da junta, ao ‘Terras do Homem’, a empreitada foi uma troca entre a câmara municipal e a Associação de Paralisia Cerebral de Braga, no âmbito do acordo da construção da nova sede da instituição.

João Soares revela que, “a intenção é aumentar com mais 80 campas e 12 jazigos o cemitério”, mas a obras “será feita em função das necessidades e da venda de jazigos”, até porque “queremos uniformizar todo o espaço, isto é, os jazigos serem todos iguais e as próprias campas já terão um espaço previamente definido que irá evitar que as terras possam aluir”.

A Junta vai, agora, sensibilizar a população interessada na aquisição dos jazigos: “só iremos avançar para a construção dos jazigos depois de eles estarem, previamente, adquiridos porque os custos totais, a rondar os 200 mil euros são incomportáveis para a junta”.

Com a construção da nova seda da APCB, praticamente pronta e com data prevista de inauguração para setembro, a entrada do cemitério, que fica contíguo às instalações da APCB, vai, também, ser limpa. “Queremos dar um ar mais novo à entrada do cemitério. O nosso propósito é levantar o pavimento e refazer tudo, mas enquanto o alargamento não estiver concluído não faz muito sentido”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *