Braga pretende manter adesão ao programa das Nações Unidas para Redução do Risco de Catástrofes

O Município de Braga submeteu uma candidatura para manter a adesão ao programa internacional das Nações Unidas para a Redução do Risco de Catástrofes, intitulado “Making Cities Resilient”. Este programa será renovado para a presente década (MCR 2030) e visa aumentar a conscientização e o compromisso dos governos locais e líderes políticos sobre esta temática.

Recorde-se que Braga aderiu a esta iniciativa em 2019, juntando-se a cerca de 4.300 Cidades de todo o mundo que se comprometeram a incrementar a segurança e o bem-estar dos cidadãos no caso de ocorrência de desastres e crises.

Na sequência da aprovação da candidatura, foram promovidas diversas medidas direcionadas à prevenção e mitigação de riscos coletivos, destacando-se a criação de Unidades Locais de Proteção Civil, o reforço das competências e da capacidade operacional da Divisão de Proteção Civil, a adoção de procedimentos regulares de comunicação e informação pública e o reforço da cooperação institucional entre entidades. Todas estas ações contribuíram para tornar Braga um território mais resiliente.

Os principais objetivos estratégicos do MCR2030 incluem aumentar a compreensão das Cidades sobre o risco e os compromissos com a redução do risco de desastres e resiliência; aumentar a capacidade para planear a redução de riscos e a resiliência; e melhorar a ligação com os governos nacionais e os parceiros locais, promovendo parcerias e tornando a resiliência um tema central.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *