Galo de Barcelos é a nova atração no Little Portugal de Toronto

Cerca de meia centena de luso-canadianos deram as boas-vindas ao novo residente do Little Portugal de Toronto, um galo de Barcelos gigante, decorado por uma artista local, que vai permanecer no coração da comunidade.

“Temos agora este grande galo e espero que fique na história para que todos venham a Toronto e possam visitá-lo, porque é único nesta área”, disse à agência Lusa Anabela Taborda, presidente da Associação Comercial e de Serviços do Little Portugal na Dundas.

A cerimónia oficial de inauguração do galo de Barcelos no Little Portugal de Toronto, teve lugar no sábado, junto ao número 1212 da Dundas Street West, no Lakeview Avenue Parkette.

Esta é uma marca física da presença portuguesa no coração do Little Portugal de Toronto, num projeto de arte “fruto de duas sociedades, a portuguesa e a canadiana”, sublinhou Ana Bailão, vereadora luso-canadiana do Município de Toronto.

“O galo de Barcelos também é símbolo de honestidade, de integridade e de esperança, que muito necessitamos neste momento. Quisemos com o concurso público da decoração do galo, envolver também a comunidade canadiana, na criação deste galo luso-canadiano”, acrescentou a também vice-presidente da autarquia canadiana.

Numa parceria com a Associação Comercial e Serviços do Little Portugal na Dundas, Câmara Municipal de Toronto, Consulado Geral de Portugal e a Associação Migrante de Barcelos, o galo de 2,8 metros de altura e 1,9 metros de comprimento, foi doado pelo município de Barcelos.

O cônsul-geral de Toronto, José Carneiro Mendes, realçou que o ‘galo de Barcelos’ também vai ao encontro dos valores da sociedade canadiana.

“O Little Portugal representa atualmente em Toronto um local de diversidade e de multiculturalidade. Já não é como foi no passado, mas encarna perfeitamente o espírito deste país. É também uma mais valia para esta cidade, para a diversidade cultural, multiculturalidade que o Canadá persegue, os valores portugueses, do galo de Barcelos, da comunidade de Barcelos, são valores do Canadá, vai atrair pessoas que aqui vão vir para ver o Galo de Barcelos”, frisou o diplomata.

Apesar de Portugal estar localizado a mais de cinco mil quilómetros do Canadá, o galo de Barcelos no futuro vai também servir como “fonte de inspiração para a comunidade portuguesa no Canadá”, de que a “esperança é a última a morrer”, pois consegue-se “lutar por aquilo que ser quer”, sendo este projeto de arte, “um exemplo disso mesmo”, destacou Vítor Santos presidente da Associação Migrante de Barcelos de Toronto.

A artista vencedora do concurso público Julia Prajza explicou que se inspirou na “cultura e na paisagem portuguesa”, numa mistura de alegria, de esperança e de otimismo, celebrando a cultura portuguesa, realçando as cores do mar em Portugal e o brilho do sol, num toque moderno da arte tradicional”.

O evento contou com a presença de diversas personalidades, nomeadamente do presidente da Câmara Municipal de Toronto, John Tory, e do ministro federal para as Famílias, Crianças e para o Desenvolvimento Social, Ahmed Hussen.

Participaram ainda na cerimónia, o Rancho Folclórico da Associação Migrante de Barcelos e a cantora luso-canadiana Vicky Rai.

O galo promete impulsionar o pequeno comércio no Little Portugal de Toronto, que apesar da gentrificação verificada na cidade canadiana, continua a ter uma presença significativa naquela área.

Nesse sentido a associação comercial tem outras iniciativas culturais para tentar “dinamizar a área para que o pequeno comércio possa sobreviver” tempos de crise.

O Galo de Barcelos é desde junho passado uma marca registada em Portugal, cujo Município de Barcelos é a entidade detentora da marca.

A associação comercial ‘Little Portugal On Dundas’ tem quase dois quilómetros de comprimento, entre a Ossington e a Lansdowne Avenue, na Dundas Street West, e conta com cerca de 400 estabelecimentos comerciais.

O Governo canadiano calcula que vivem no país mais de 480 mil portugueses e lusodescendentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *