‘Património com alma’ aborda, em Vila Verde, o ‘perfume’ da maçã porta-da-loja

No dia 30 de setembro, pelas 21h00, irá realizar-se a 4ª Conferência da iniciativa “Património com Alma”, com o tema “Maçã Porta-da-Loja: uma alma perfumada” que contará com a participação de José António da Mota Alves, Presidente da Direção da ATAHCA.

Mota Alves aborda “A maçã porta da loja na cultura do Minho” e José Raúl de Oliveira Rodrigues, Professor Adjunto da Escola Superior Agrária de Ponte de Lima/IPVC apresenta a exposição “Património frutícola do Minho: (re)descobrir as variedades regionais”, cabendo a moderação a Júlia Fernandes, vereadora do município de Vila Verde.

Esta conferência dará a conhecer a “alma” desta peculiar maçã, nas suas origens e tradições. “A Maçã Porta-da-Loja é uma cultivar originária da região do Minho, ligada a tradições culturais e regionais, sobretudo nas épocas natalícia e pascal”, refere a organização a cabo da Casa do Conhecimento, de Vila Verde.

“Património com Alma” é uma iniciativa conjunta da Casa do Conhecimento de Vila Verde, da Biblioteca Municipal Professor Machado Vilela e do Serviço de Ação Cultural do Município, em colaboração com a Rede Casas do Conhecimento, nomeadamente com a Casa do Conhecimento da Universidade do Minho, Boticas, Montalegre e Paredes de Coura. Pretende-se num conjunto de sessões temáticas, retratar o património cultural material e imaterial de Vila Verde, dando a conhecer as características marcantes e os pormenores específicos da diversidade cultural do concelho.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *