Papas de Sarrabulho, vinho verde Loureiro e Laranja de Amares deram asas à imaginação de jovens estudantes

No âmbito do projeto ‘Amar o Minho’, o Município de Amares e a ‘FeelTravel Minho’ desafiaram algumas escolas de hotelaria a reinventar alguns dos produtos âncora do concelho, nomeadamente as “Papas de Sarrabulho”, a Laranja de Amares e o Vinho Verde Loureiro. O resultado não podia ter sido melhor. Os participantes ousaram e apresentaram sugestões inovadoras, com magnífico aspeto e um sabor excecional.

Desde o prato principal até às sobremesas, acompanhados pelo aroma inconfundível do Vinho Verde Loureiro de Amares (em novas aplicações), os jovens alunos surpreenderam com verdadeiras reinterpretações das Papas de Sarrabulho, doces à base de laranja e cocktails refrescantes.

A iniciativa inseriu-se no âmbito do projeto de valorização da enogastronomia “Minho Região Europeia da Gastronomia” e teve como objetivo promover uma maior valorização e visibilidade dos produtos endógenos do concelho de Amares junto do consumidor e público em geral, intensificando e diversificando a sua utilização na gastronomia, com o simultâneo incentivo aos jovens em formação na área da cozinha/pastelaria e restaurante/bar nas escolas da região do Cávado.

O desafio decorreu na Escola Profissional Amar Terra Verde, na Profitecla, Associação Empresarial de Braga.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *