Casos Covid-19 duplicam na última semana em Amares, Terras de Bouro e Vila Verde

Segundo o relatório diário da direção geral da saúde, os casos Covid-19 nos três concelhos do Vale do Homem quase que duplicaram na última semana, sendo que Terras de Bouro é o concelho com maior risco de incidência. Assim, estão registados 72 casos em Amares, 74 em Terras de Bouro e 117 em Vila Verde.

Há uma dezena de concelhos em Portugal em risco extremo de infeção pelo vírus SARS-CoV-2, segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), divulgado esta sexta-feira, que dá conta de 2.535 novos casos confirmados e 21 mortos.

Barrancos é o concelho do país onde, atualmente, a situação é mais grave, com 4.806 casos de infeção por 100 mil habitantes. Segue-se Mira com 1.389 casos.

O risco extremo de infeção verifica-se quando um concelho tem uma incidência cumulativa a 14 dias acima dos 960 casos de infeção por 100 mil habitantes.

Por outro lado, só há um concelho que regista uma incidência de zero casos – Alter do Chão, em Portalegre -, de acordo com o mesmo relatório.

Na nota explicativa dos dados por concelhos é referido que a incidência cumulativa “corresponde ao quociente entre o número de novos casos confirmados nos 14 dias anteriores ao momento de análise e a população residente estimada”.

Portugal está na zona vermelha da ‘bússola’
De acordo com a DGS, a taxa de incidência do vírus SARS-CoV-2 a nível nacional voltou a aumentar, passando para 374,0 casos por 100 mil habitantes, enquanto o índice de transmissibilidade (Rt) nacional desceu ligeiramente para 1,13.

Considerando apenas Portugal continental, a incidência é agora de 376,5 casos por 100 mil habitantes e o Rt é de 1,14.

Ao todo, desde o início da pandemia, o país já registou 1.157.352 casos de SARS-Cov-2 e 18.492 óbitos relacionados com o vírus.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.